Projeto de venda de hospital Nossa Senhora da Consolação é retirado de pauta após pressão popular

A C√Ęmara de Vereadores de Colinas acaba de discutir sobre Projeto de lei que ¬†tentava autorizar a venda do Hospital Nossa Senhora da Consola√ß√£o por R$ 5 milh√Ķes para o Governo do Estado. Os vereadores Bima, R√©gia, Osvaldinho, Carlinhos, Valterly e Ana do Bin√© se posicionaram contra, obrigando que o Presidente da Casa retirasse de pauta, visto que ¬†precisava de no minimo nove votos a favor da aprova√ß√£o. O Hospital n√£o tem estrutura adequada e o valor do pr√©dio foi considerado extremamente caro.

A n√£o aprova√ß√£o s√≥ ocorreu depois de den√ļncia do Vereador Bima e uma intensa mobiliza√ß√£o ¬†das pessoas nas redes sociais.

 

A longa marcha de Fl√°vio Dino

Por Ed Wilson
As entrevistas do governador eleito Fl√°vio Dino (PCdoB) aos jornais de repercuss√£o nacional, especialmente na Folha de S√£o Paulo, apontam os sinais do futuro.
No diálogo com o jornalista Fernando Rodrigues, Dino discorre sobre o cenário de Brasília, já se posicionando como um político de referência na mídia do centro-sul do país.
Os jornalistas estão entusiasmados com as bandeiras do choque de capitalismo e da revolução burguesa no Maranhão, erguidas por um governador eleito pelo partido comunista.
Se tudo correr conforme o programado, daqui a oito anos Dino ter√° completado dois mandatos de governador. Ser√° senador e pode voltar ao Pal√°cio dos Le√Ķes, mas √© pouco!
Depois disso, com menos de 60 anos, vai fazer o quê?
Com certeza n√£o ser√° conselheiro no Tribunal de Contas da Uni√£o (TCU).
Flávio quer mais. O PCdoB também.
A primeira meta é tirar o Maranhão dos piores indicadores sociais do Brasil e apresentá-lo ao país como uma experiência exitosa de governo.
Nesse percurso, pretende construir novas agendas midi√°ticas.
Haverá uma obsessão para tirar o Maranhão das páginas do crime, das tragédias de Pedrinhas, da fome e da miséria, dos mal feitos e das obras fantasmas ou superfaturadas.
No primeiro discurso em local p√ļblico, no dia da vit√≥ria, em 5 de outubro de 2014, na pra√ßa Maria Arag√£o, Dino abriu a fala dizendo: ‚Äúest√° proclamada a Rep√ļblica no Maranh√£o!‚ÄĚ
N√£o foi uma frase qualquer. Houve ali um enunciado.
Nas entrelinhas da entrevista com Rodrigues h√° digress√Ķes de Fl√°vio sobre solu√ß√Ķes para o dilema entre o PT e o PSDB.
Dino prop√Ķe um pacto entre tucanos e petistas e indica sugest√Ķes para a reforma pol√≠tica.
Está nas palavras do comunista o antídoto para a esquizofrenia que tomou conta da eleição presidencial de 2014 e alimenta o terceiro turno.
Desenvolvo, ele opina sobre a conjuntura nacional com ares de protagonista da cena principal.
Dino tem outra vantagem: √© o √ļnico nome do PCdoB nacional. Em caso de um projeto majorit√°rio no futuro, o governador do Maranh√£o ser√° ungido pelo alto comando comunista.
Diferente dos outros partidos, onde h√° disputas e rachas, o PCdoB √© regido pelo centralismo democr√°tico. A legenda √© verticalizada a as poss√≠veis diverg√™ncias sequer saem das reuni√Ķes a portas fechadas.
O PCdoB nacional vai vigiar e ‚Äúorar‚ÄĚ pelo Maranh√£o, projetado para ser a vitrine do Brasil.
Comparado aos 50 anos de atraso liderados por José Sarney, o pouco que for feito já será muito, elevando o Maranhão a novos patamares no cenário nacional.
Os passos iniciais estão sendo dados meticulosamente na formação do secretariado.
No primeiro escalão, foram vetados até agora todas as figuras estigmatizadas pela agiotagem, corrupção, desmandos administrativos e práticas coronelistas nos municípios mais emblemáticos.
Fam√≠lias e pol√≠ticos tidos como indesej√°veis e asquerosos, notadamente nocivos ao interesse p√ļblico, ficaram exclu√≠dos na forma√ß√£o principal do governo.
Essa é uma questão central para o sucesso da gestão.
No projeto de ‚Äúvender‚ÄĚ o Maranh√£o da mudan√ßa, n√£o cabe esse tipo de gente.
√Č o primeiro passo para a longa marcha.

Servidores do Judici√°rio paralisam atividades por tempo indeterminado

Nesta quinta‚Äďfeira (13) ter√° inicio, por tempo indeterminado, a greve geral dos servidores do Judici√°rio maranhense. O movimento acontecer√° na capital e em todas as Comarcas do Estado. A retomada da greve da Categoria, suspensa em agosto passado, foi definida durante Assembleia Geral Extraordin√°ria, realizada no √ļltimo s√°bado (08).

O movimento é coordenado pelo Sindicato dos Servidores da Justiça no Estado do Maranhão (SINDJUS/MA). A Greve é um protesto contra o não pagamento pelo Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (TJMA) dos retroativos judiciais da Ação dos 21,7%, ganha pelo SINDJUS no Supremo Tribunal Federal em favor de seus associados.  EM São Luís os servidores estarão concentrados na porta do Tribunal de Justiça, a partir das 08h.

O movimento paredista reivindica tamb√©m o imediato cumprimento da Lei 10156/2014 das perdas inflacion√°rias de 4.3%, com seus respectivos retroativos, fixa√ß√£o do dia 01¬ļ de Janeiro como Data Base para a revis√£o anual dos vencimentos e demais vantagens da categoria, condi√ß√Ķes dignas de trabalho na Justi√ßa maranhense, fim do ass√©dio moral e a manuten√ß√£o da igualdade de tratamento para a concess√£o do aux√≠lio alimenta√ß√£o para servidores e magistrados no Poder Judici√°rio Estadual.

Durante toda quarta-feira (12), diretores do SINDJUS/MA realizaram arrast√£o nos Juizados Especiais e F√≥runs da regi√£o metropolitana de S√£o Lu√≠s, mobilizando a categoria e explicando aos servidores a pauta de reivindica√ß√Ķes do movimento.

Uma equipe est√° de plant√£o no SINDJUS para o envio a todas as comarcas do material a ser utilizado durante a paralisa√ß√£o, que tem como mote ‚ÄúCALOTE N√ÉO! ‚Äď AUDITORIA J√Ā NO TJMA‚ÄĚ. A orienta√ß√£o da dire√ß√£o do Sindicato √© para que os servidores da capital se concentrem, na parte da manh√£, na porta do Tribunal de Justi√ßa e nas portas dos F√≥runs nas demais comarcas.

O registro de frequência dos grevistas deverá ser feito por PONTO PARALELO, que está sendo disponibilizado pelo SINDJUS pelo site da entidade.

O Sindicato protocolou duas representa√ß√Ķes junto ao Conselho Nacional de Justi√ßa ‚Äď CNJ. Essas medidas da atual administra√ß√£o tiveram impacto de v√°rios milh√Ķes de reais no or√ßamento do Judici√°rio Estadual.

 

 

Curtas

Volta do Blog

Devido problemas técnicos o blog ficou fora do ar várias semanas. Tentarei atualizar constantemente em respeito á centenas de pessoas residentes em todos os cantos do Brasil que me enviaram mensagens e emails solicitando a atualização do Blog.

Secretariado de Fl√°vio Dino

O Governador eleito Flávio Dino vêm dando sinais claros de que a mudança era para valer. Os Secretários anunciados até agora preenchem o perfil técnico, além de serem formados por cidadãos de conduta ilibada.

Entrosamento no Governo

Vereadora Regia ladeada por seu pai Joao Francisco, Marcio Jerry, Marcelo Tavares e o Dep. Rubens Junior

 

 

 

 

 

 

 

 

A Vereadora R√©gia(PT) foi recebida na √ļltima semana por tr√™s futuros Secret√°rios do Governador eleito Fl√°vio Dino: Marcelo Tavares(Casa Civil), Marcio Jerry( Articula√ß√£o Politica e Assuntos Federativos) ¬†e Cleyton Noleto(Infraestrutura). ¬†A aproxima√ß√£o da Vereadora com o Governador eleito Fl√°vio Dino dever√° trazer bons frutos para Colinas.

Bom Negócio 

O Deputado Arnaldo Melo est√° prestes a fechar um excelente neg√≥cio com o Governo do Estado referente a venda do Hospital de sua propriedade em Colinas. Uma fonte bem situada na Secretaria de Sa√ļde do Estado confidenciou ao Blog que o Estado pagar√° R$ 4 Milhoes pela aquisi√ß√£o do Hospital, ficando R$ 3800.000,00 para Arnaldo e R$ 200 Mil para Prefeitura realizar uma pequena reforma. ¬†Ser√° que o Hospital vale tudo isso?

O resultado das urnas em Colinas

Uma certeza ficou clara na √ļltima elei√ß√£o em Colinas √© que n√£o h√° mais polariza√ß√£o entre dois grupos pol√≠ticos na cidade. H√° sim um conjunto de for√ßas heterog√™neas, e cada um com seu escopo eleitoral.

Renovação nos quadros

Dr. Lamarck é uma jovem promessa politica

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O jovem advogado Lamarck é daquelas peças no tabuleiro politico que todos queriam ter em seus partidos: têm carisma, simpatia da juventude e é excelente profissional. Os requisitos credenciam o advogado a disputar qualquer mandato eletivo em 2016.

 

Médio Sertão: Flávio Dino consegue maior vantagem em Pastos Bons e Paraibano

Mesmo apoiado por praticamente todos os prefeitos do M√©dio Sert√£o, e incentivados pelo fator financeiro, o candidato Edinho Lob√£o amargou derrota na maioria das cidades da Regi√£o. As maiores vota√ß√Ķes percentuais dadas a Fl√°vio Dino na regi√£o foram em Pastos Bons e Paraibano. Vejam abaixo o resultado em ordem decrescente por cidades da regi√£o:

Pastos Bons:

Fl√°vio Dino: 71,53%

Edinho: 28,01%

Paraibano:

Fl√°vio Dino: 70,03%

Edinho: 29,65%

Fortuna:

Fl√°vio Dino: 66,89%

Edinho: 32,61%

S√£o Francisco do Maranh√£o:

Fl√°vio Dino: 62,07%

Edinho: 37,72%

Colinas:

Fl√°vio Dino: 60,05%

Edinho: 39,38%

Bar√£o de Graja√ļ:

Fl√°vio Dino: 56,20%

Edinho: 43,26%

S√£o Jo√£o dos Patos:

Fl√°vio Dino: 55,07%

Edinho: 44,15%

Lagoa do Mato

Fl√°vio Dino: 53,95%

Edinho: 45,92%

Cidades que Edinho Lob√£o venceu:

Mirador:

Fl√°vio Dino: 37,27%

Edinho: 62,31%

Passagem Franca:

Fl√°vio Dino: 47,54%

Edinho: 52,09%

Jatob√°:

Fl√°vio Dino: 44,81%

Edinho: 55,07%

Sucupira do Norte:

Fl√°vio Dino: 47,44%

Edinho: 51,69%

Buriti Bravo:

Fl√°vio Dino: 47,71%

Edinho: 52,04%

Sucupira do Riach√£o:

Fl√°vio Dino: 43,54%

Edinho: 56,11%

Veja resultado Final em relação à Colinas

A vontade de derrotar o Imp√©rio Sarney, associado √° uma campanha impec√°vel de Fl√°vio Dino gerou uma vit√≥ria consagradora da oposi√ß√£o, confirmando os n√ļmeros da Pesquisa Exata, Data M e Econom√©trica. O Ibope mais uma vez errou no Maranh√£o atribuindo somente uma diferen√ßa de 18 pontos, e n√£o 30 pontos como foi confirmado. Abaixo mostramos o resultado em rela√ß√£o √† Colinas:

Resultados de Colinas:

Governador:

Flávio Dino:  9687 votos(60,05%)

Edinho Lob√£o: 6353 votos( 39,38%)

Senador:

Roberto Rocha: 8381(53,78%)

Gast√£o: 7134( 45,78)

Deputado Federal:

1¬ļ Z√© Reinaldo: 4414(25,6%)

2¬ļPedro Fernandes: 3986( 23,12%)

3¬ļ Sarney Filho: 2809(16,29%)

4¬ļ Alberto Filho: 1199(6,95%)

5¬ļ Z√© Renato: 595( 3,45%)

6¬ļ Rubens Junior: 408( 2,37%)

7¬ļ Z√© M√°rio: 263( 1,53%)

8¬ļ Z√© Carlos: 235(1,36%)

Deputado Estadual:

1¬ļ Nina Melo: 4600(26,14%)

2¬ļ Z√© Eider: 3992 (22,69%)

3¬ļ Humberto Coutinho: 2649(15,06%)

4¬ļ Ana do G√°s: 1627( 9,25%)

5¬ļ Stenio Rezende: 621

Presidente:

Dilma: 13821( 82,24%)

Aécio: 1693(10,07%)

Marina: 1134(6,75%)

 

Imagem do dia

Na foto, o trio da mudança percorrendo a Baixada Maranhense: Flávio Dino 65, Roberto Rocha 400 e Rubens Pereira Junior 6565.

IFMA em Colinas: audi√™ncia p√ļblica define eixos tecnol√≥gicos e cursos

Fonte: Ascom IFMA

Na sexta-feira, 19, uma audi√™ncia p√ļblica realizada no audit√≥rio do Centro de Estudos Superiores de Colinas (CESCO) apresentou os eixos tecnol√≥gicos e cursos t√©cnicos escolhidos pela sociedade civil e previstos para serem ofertados no campus do Instituto Federal do Maranh√£o, no munic√≠pio. A solenidade contou com a participa√ß√£o de 486 pessoas, sendo 414 estudantes.

O processo de implanta√ß√£o do campus do IFMA em Colinas teve in√≠cio em 2012. A princ√≠pio, seria instalado um Centro Vocacional Tecnol√≥gico (CVT), mas a partir de esfor√ßos conjuntos do Instituto e da Prefeitura Municipal, foi viabilizda a constru√ß√£o de um campus, num terreno de cinco hectares doado pelo munic√≠pio.¬†‚ÄúEsse √© um momento importante para definir os eixos, √°reas e cursos que estaremos oferecendo para a popula√ß√£o de Colinas e regi√£o. √Č fundamental que a comunidade tenha voz nesse processo. Novos horizontes vir√£o; novos frutos vir√£o!‚ÄĚ, destacou o reitor do IFMA, Roberto Brand√£o.

‚ÄúUm campus do IFMA vai mudar a realidade do nosso povo. Teremos aqui um centro referencial de ensino‚ÄĚ, afirmou o prefeito de Colinas, Ant√īnio Carlos. Da mesma forma, a secret√°ria municipal de Educa√ß√£o, Mauric√©lia Carneiro, apontou a import√Ęncia do momento. ‚ÄúColinas est√° em festa! Os cursos trar√£o para nossa cidade profissionais competentes e qualificados‚ÄĚ, avaliou.
Jairo Henrique Pereira, presidente da Associa√ß√£o Comercial de Colinas, acredita que a oferta de cursos t√©cnicos vai ajudar os jovens a desenvolver habilidades exigidas nas diferentes carreiras. ‚ÄúOs cursos elencados foram os mais importantes para a nossa realidade. De imediato, voc√™s ser√£o inseridos no mercado de trabalho‚ÄĚ, analisou.
Carlos Eduardo Guimar√£es, estudante do 3¬ļ ano do Ensino M√©dio e um dos relatores do segmento ‚ÄúEstudantes‚ÄĚ manifestou sua satisfa√ß√£o com a chegada do IFMA a Colinas. ‚ÄúOs jovens daqui n√£o v√£o mais precisar se deslocar para dar continuidade aos estudos. A qualifica√ß√£o vai proporcionar um aumento na oferta de emprego e oportunidades‚ÄĚ, comentou.

Metodologia da Audiência

A audi√™ncia p√ļblica realizada na sexta-feira marca a culmin√Ęncia de um processo de mobiliza√ß√£o dos estudantes e da sociedade civil de Colinas. Os trabalhos foram coordenados pelo diretor de Desenvolvimento Institucional do IFMA, Agenor Filho e pela chefe do Departamento de Pol√≠ticas Especiais da Pr√≥-Reitoria de Ensino, Alice Cadete.
A equipe aplicou question√°rios para a defini√ß√£o dos eixos tem√°ticos e cursos e dividiu o p√ļblico-alvo em tr√™s segmentos: profissionais da Educa√ß√£o, estudantes e sociedade civil. Os eixos mais votados por cada segmento foram Meio ambiente, sa√ļde e seguran√ßa; Gest√£o e neg√≥cios; e Recursos naturais. Ap√≥s essa fase, o IFMA vai realizar a tabula√ß√£o dos dados e os tr√Ęmites necess√°rios para a instala√ß√£o definitiva do campus.

Inicialmente, os cursos funcionarão no prédio do CESCO. O reitor estima que dentro de trinta dias seja lançado o edital de licitação para a edificação do novo campus.

Jatobá: Rubens Junior é ovacionado

O federal de todos nós, Rubens Pereira Jr., participou de uma grande carreata na cidade de Jatobá. Ao lado dos vereadores Ronaldo e Cutia, Dr Gerson e o líder politico Louro, Rubens Jr.  foi bastante prestigiado.

A cidade foi tomada pelo “vermelho da esperan√ßa” e milhares de pessoas seguiram em carreata pelas ruas da cidade.

Após o evento, a caravana da mudança seguiu para a cidade de Fortuna, onde foi recebida por uma multidão.

Ibope mostra crescimento de Fl√°vio Dino e queda de Lob√£o Filho

G1 Maranh√£o

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (20) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o governo do Maranhão:

Fl√°vio Dino (PC do B) ‚Äď 48% das inten√ß√Ķes de voto
Lob√£o Filho (PMDB) ‚Äď 27%
Outros ‚Äď 1%
Branco/nulo ‚Äď 8%
N√£o sabe/n√£o respondeu ‚Äď 16%

No levantamento anterior, no dia 6 de setembro, Fl√°vio Dino tinha 42% e Lob√£o Filho, 30%.

A pesquisa foi encomendada pela TV Mirante.

Rejeição
A pesquisa aferiu a taxa de rejeição de cada um dos candidatos, isto é, aquele em quem o eleitor diz que não votará de jeito nenhum. Confira abaixo:

- Lob√£o Filho: 31%
‚Äď Fl√°vio Dino: 13%
‚Äď Os demais candidatos apresentam √≠ndices que variam entre 6% e 10%.
Poderia votar em todos: 9%
N√£o sabe ou n√£o respondeu: 38%

A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa est√° registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Maranh√£o (TRE-MA) sob o n√ļmero MA-00052/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo No BR-00696/2014.

8 visitantes online agora
2 visitantes, 6 bots, 0 membros
Máx. de visitantes hoje: 25 às 11:42 am UTC
Este mês: 49 às 11-07-2014 10:28 am UTC
Este ano: 57 às 08-27-2014 05:20 am UTC
No total: 68 às 04-12-2013 03:28 pm UTC
Visit Us On TwitterVisit Us On Facebook